Chegou à terceira idade? Então, os cartões de saúde podem ser uma solução para você. - Sidesc

Se você está na terceira idade ou se convive com pessoas que possuem mais de 60 anos, muito provavelmente sabe que, hoje em dia, existe uma série de benefícios garantidos para quem está nessa fase da vida. Por exemplo, atendimento preferencial em locais públicos e privados, meia-entrada em eventos culturais, esportivos e de lazer, vaga especial em estacionamentos e gratuidade em transporte público são alguns desses benefícios.

Para usufruir e curtir integralmente cada um deles, é bem importante estar com a saúde em dia. Em vista disso, veja as principais formas de garantir a saúde: praticar atividades físicas, manter uma alimentação equilibrada e realizar consultas médicas periódicas.

Assim, separamos alguns pontos específicos a respeito de cada um dos itens preventivos para manter a boa saúde na terceira idade. Veja!

 

Praticar atividades físicas regularmente

Sem dúvida, a atividade física é excelente para pessoas de qualquer idade. E, para quem vive uma rotina sedentária especialmente na terceira idade, ela é essencial. Com certeza, algo de muito positivo acontece com a adoção da prática regular de atividades físicas nessa faixa etária. Por exemplo: é possível sentir-se tão bem (ou até melhor) em comparação a quando se tinha menos de 40 anos.

Além disso, entre as pessoas com mais de 60, as quedas são causa comum de lesões e até incapacidade física. Praticar atividades físicas regularmente torna ossos e músculos mais fortes. Consequentemente, ao manter os músculos fortes, fica mais fácil evitar quedas e lesões graves.

 

Manter uma alimentação equilibrada

Você costuma prestar atenção à sua alimentação? Ela é peça-chave para evitar uma série de complicações de saúde. Para isso, valem todas as recomendações ouvidas desde a infância: ingerir, pelo menos, 400 gramas de frutas e hortaliças diariamente; preferir carnes brancas e magras; optar por versões integrais dos alimentos etc.

Não é preciso mudar a dieta de uma só vez, pois mudanças graduais costumam facilitar o processo de reeducação alimentar. Exemplo: se você costuma ingerir duas fatias de pão branco no café da manhã, substitua uma das fatias por pão integral. Se você ingere suco industrializado diariamente, procure no supermercado a versão integral do suco e, então, faça essa substituição.

 

Realizar consultas médicas periódicas

Diversas complicações de saúde, quando detectadas precocemente, podem ser tratadas de forma mais amena e com maiores possibilidades de cura. Isso é motivo suficiente para consultar o médico periodicamente e realizar exames de rotina. É importante entender que procurar atendimento médico não é uma decisão a ser tomada somente quando surge algum problema de saúde, pois consultas e exames têm uma grande função preventiva.

 

Principais doenças que podem surgir na terceira idade

Muitas das doenças associadas ao envelhecimento são causadas pelo estilo de vida. Porém, o histórico familiar de diabetes, doença cardíaca, excesso de peso e câncer também pode desempenhar um papel importante no aparecimento de complicações de saúde. Entre as principais doenças comuns na terceira idade estão:

  • doença cardíaca: a hipertensão arterial e o colesterol alto podem levar a ataques cardíacos e derrames. Por isso, é essencial medir a pressão arterial e o colesterol regularmente;
  • câncer: alguns tipos de câncer têm poucos ou nenhum sinal de alerta precoce. Portanto, o fato de fazer consultas e exames de rotina contribui para detectar o mais rápido possível qualquer alteração;
  • problemas oculares: à medida que as pessoas envelhecem, é comum ouvir relatos de problemas associados à visão. Por isso, é bem importante fazer exames oftalmológicos completos na terceira idade. Assim, pode-se verificar se há indícios de catarata, glaucoma, degeneração macular relacionada à idade, retinopatia diabética e outras condições oculares.

 

Importância do cartão de saúde na terceira idade

Como você pode perceber, além de manter um estilo de vida saudável, estabelecer uma rotina de consultas e exames é decisivo para identificar o mais cedo possível qualquer complicação de saúde.

Você deve estar se perguntando como manter esse cuidado se, na maior parte das vezes, o sistema público de saúde não atende. Além disso, a mensalidade dos planos de saúde fica cada vez mais exorbitante conforme a pessoa vai envelhecendo. Pois saiba que existe uma excelente solução: os cartões saúde.

Basicamente, o cartão saúde é um programa que disponibiliza consultas e exames médicos a preços mais acessíveis. Assim como no plano de saúde, quem adere também paga uma mensalidade. No entanto, essa mensalidade poderá corresponder a um valor fixo por família, ficando bem abaixo dos valores praticados pelos planos de saúde.

Outro ponto positivo é que não há distinção de faixa etária em relação ao valor, e ainda poderá ser possível incluir todos os membros da família em um mesmo cartão saúde sem custo adicional.

Gostou das orientações de hoje? Se você considera interessante a possibilidade de ter um cartão saúde para garantir mais segurança e saúde na terceira idade, aproveite para conferir nosso post sobre como escolher o melhor cartão saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *